Estudantes do C.E Jornalista Tim Lopes, no Complexo do Alemão, tomaram as ruas do subúrbio.

Estudantes do C.E Jornalista Tim Lopes, no Complexo do Alemão, tomaram as ruas do subúrbio exigindo que o governo Pezão e seus aliados políticos não destruam a escola pública. Eles caminharam na Av. Itararé com faixas e cartazes e gritaram palavras de ordem reivindicando a garantia do passe livre, o retorno à escola dos porteiros que foram demitidos e mais dinheiro para a educação. Em um momento da manifestação os estudantes pararam em frente a uma Unidade de Pronto Atendimento – UPA, que atende os moradores da região, e manifestaram a insatisfação com atendimento médico que costuma ser prestado no local, sempre com falta de pessoal e insumos básicos. A concentração do ato dos estudantes foi em frente ao C.E Jornalista Tim Lopes e teve como destino outra escola estadual do entorno, o C.E Olga Benário.
Os trabalhadores da educação estão em greve desde o dia 2 de março por conta do arrocho salarial, de uma reforma previdenciária proposta pelo executivo e das péssimas condições estruturais das escolas estaduais. Os estudantes têm feito em todo estado manifestações em apoio à greve, denunciando o sucateamento das escolas e colocando também na pauta da luta as demandas estudantis.







Postar um comentário

1 Comentários