V

-



teu coração não foi roubado
nem me fiz resignado
quando não obtive respaldo
ao revelar o rebelde em mim

e te vi adoradora
de todos os meus órgãos
me doei sem resistência
transformei todo amor em motim

mas nest'instante perseguido
ou apenas paranóia passageira?
então fui uma brincadeira, um festim?!

aqui indago-te quase molosso
entretanto, sempre sincero no que faço
embora, muitos ainda me acham ruim...



(Felipe Rey)

Postar um comentário

11 Comentários

  1. MEUS PARABÉNS AMIGO!! ADOREI!! Q DEUS CONTINUE TE ILUMINANDO!!! ABRAÇOSSS!!

    ResponderExcluir
  2. aaaah!Parece delicado mais é tão intenso
    dentro de uma sentimento meigo.
    Gostei como sempre gosto!
    beijos.

    ResponderExcluir
  3. Mto bom, muito bem escrito e cheio de conteúdo e emoção, vai por aí, garoto bom, bjs!

    ResponderExcluir
  4. Você me surpreende...sempre, Felipe
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Muito perfeito... Vc sempre trás as reflexões a tona!

    ResponderExcluir
  6. A ENTREGA E DOAÇAÕ DEVE SER RECIPROCA EM QUALQUER RELAÇÃO,SE NÃO SE TORNA DOLOROSA...VC SOUBE TRANSMITIR E DESCREVER ESSE SENTIMENTO MUITO BEM! JANAINA A LUTA DE CLASSES CONTINUA

    ResponderExcluir
  7. MUITOBRIGADÍSSIMO , MEUS QUERIDOS BELOS LINDOS AMIGOS !!!

    ResponderExcluir
  8. Gostei muito.Uma forma de se falar do amor que é ou não tão comum mas muito verdadeira...Beijo

    ResponderExcluir