Vai fazer a festa, né Blatter?


A FIFA anunciou as sedes das Copas de 2018 e 2022. Serão, respectivamente, Rússia e Catar, que receberão o evento pela primeira vez. A Rússia tem certa tradição no futebol, herdada da União Soviética, mas venceu as candidaturas da Inglaterra, Holanda/Bélgica e Espanha/Portugal. O Catar não tem tradição alguma e foi escolhido em detrimento de EUA, Austrália, Japão e Coreia do Sul. Qual seria o motivo da FIFA escolher esses dois países para sediar um Mundial?

Em primeiro lugar, a FIFA está escolhendo países considerados "emergentes" para sediar a Copa. 2010 foi a África do Sul, 2014 será no Brasil e, agora, Rússia e Catar foram selecionados. Em comum a esses quatro países, um altíssimo custo financeiro para realizar o evento, pois há poucos estádios considerados padrão para um Mundial nesses países (no caso da África do Sul, também não havia), além de investimentos em infraestrutura. Porque escolher países que precisam gastar muito dinheiro, diferentemente de outros candidatos que já possuem a estrutura necessária para a Copa? Alguém está ganhando uma grana extra com isso...

E, em segundo lugar, Rússia e Catar estão fazendo altos investimentos no mundo do futebol. Em relação aos russos, por exemplo, temos o bilionário Roman Abramovich, que comprou o Chelsea, da Inglaterra, e fez com que esse time, antes mediano, se tornasse um dos mais fortes do mundo. Abramovich fez sua fortuna através dos espólios da antiga União Soviética, e agora lava seu dinheiro no futebol. Já o Catar tem realizado amistosos envolvendo grandes seleções, principalmente a brasileira, que cada vez mais se distancia do Brasil e se torna uma empresa internacional. Tanto dinheiro pra isso vem principalmente da exportação de petróleo.

Mas o grande problema é que esses países emergentes possuem um alto índice de desigualdade social e, mesmo assim, gastarão uma fortuna para realizar a Copa do Mundo. Ou seja, ao invés de sanar problemas graves como falta de hospitais, escolas, falta de uma infraestrutura de qualidade, Brasil, Rússia e Catar realizarão uma festa onde apenas quem tem muito dinheiro irá usufruir. Alguns irão faturar: empresários, governantes, a FIFA, esses irão fazer a farra. Já os habitantes desses países, principalmente os mais pobres, continuarão na mesma situação difícil em que estão.

P.S.: Estou criticando a escolha de Rússia e Catar, mas não estou defendendo os países derrotados. Principalmente EUA e Inglaterra, que, assim como os vencedores, estão cheios de calhordas.

Postar um comentário

6 Comentários

  1. Política e esporte um relação ainda pouco comentada. Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. o blatter tem que morrer

    ResponderExcluir
  3. blatte добры чалавек

    ResponderExcluir
  4. Блаттер должен умереть³

    ResponderExcluir
  5. Já estou encomendando minha morte. Fiquem despreocupados.

    ResponderExcluir